8 de jun de 2010

MENSAGEM PARA REUNIÃO DE PAIS

OS PAIS DEVEM LIDAR COM OS SENTIMENTOS DOS FILHOS

Muitos pais apresentam dúvidas e ansiedades para lidar com o comportamento de seus filhos. No intuito de proteger a crianças acabam por impossibilitar que eles aprendam a enfrentar responsabilidades. Ter responsabilidade é necessário para o amadurecimento do ser humano. Os pais não podem querer evitar que o filho sinta tristeza, raiva, angústia, ansiedade, frustração e outras emoções que causem sofrimento. Estes sentimentos fazem parte da vida e tentar poupar seus filhos disso é estar prejudicando no enfrentamento de dificuldades no futuro. O papel dos pais perante estes sentimentos da criança é colocar-se a disposição para ouvir, orientar, conversar e não querer resolver ou menosprezar estes sentimentos que o filho apresenta. Outro aspecto importante que pode estar prejudicando a criança é quando esta vive em um ambiente extremamente crítico, pois uma situação em que poucos são os elogios e muitas são as críticas dificulta a crença em suas capacidades acarretando conseqüentemente um problema de auto-estima. Portanto é importante que os pais respeitem o ritmo da criança, não exigindo dela mais do que ela é capaz. As críticas devem ser construtivas, e não depreciativas, deve-se criticar o comportamento errado, e não a pessoa da criança, além disso, esta deve ser elogiada por suas realizações e não se deve fazer comparações entre filhos, pois cada um possui suas próprias capacidades. A grande dificuldade da maioria dos pais é encontrar um meio termo para lidar com seus filhos, nem superproteger (evitando sofrimento) e nem serem críticos demais. Devem, portanto, fornecer uma orientação adequada para que a criança consiga desde pequena, aprender estratégias que a possibilitem enfrentar os estressores da vida tanto presente como futura. Desse modo ela estará fortalecida para se tornar um adulto emocionalmente estruturado.

Profª Graça

 A SOMA DOS TALENTOS

 SE A NOTA DISSESSE:
“NÃO É UMA NOTA QUE FAZ UMA MÚSICA.”
… NÃO HAVERIA SINFONIA.
SE A PALAVRA DISSESSE:
“NÃO É UMA PALAVRA QUE PODE FAZER UMA PÁGINA.”
… NÃO HAVERIA LIVRO.
SE A PEDRA DISSESSE:
“NÃO É UMA PEDRA QUE PODE MONTAR UMA PAREDE.”
…NÃO HAVERIA CASA.
SE A GOTA DISSESSE:
“NÃO É UMA GOTA DE ÁGUA QUE FAZ O RIO.”
…NÃO HAVERIA O OCEANO.
SE O GRÃO DE TRIGO DISSESSE:
“NÃO É O GRÃO QUE PODE SEMEAR O CAMPO.”
…NÃO HAVERIA COLHEITA.
SE O HOMEM DISSESSE:
“NÃO É UM GESTO DE AMOR QUE PODE SALVAR A HUMANIDADE.”
JAMAIS HAVERIA JUSTIÇA E PAZ, DIGNIDADE E FELICIDADE NA TERRA DOS HOMENS.
COMO A SINFONIA PRECISA DE CADA NOTA,
COMO O LIVRO PRECISA DE CADA PALAVRA,
COMO A CASA PRECISA DE CADA PEDRA,
COMO A COLHEITA PRECISA DE CADA GRÃO DE TRIGO,
A HUMANIDADE INTEIRA PRECISA DE TI,
ONDE ESTIVERES, ÚNICO E, PORTANTO, INSUBSTITUÍVEL.
COMO O FUTURO DO NOSSO PAÍS, PRECISA DA EDUCAÇÃO,
A FAMÍLIA E ESCOLA PRECISAM ESTAR JUNTAS, PARA
COMPARTILHAREM A ALEGRIA DO SUCESSO.
OBRIGADA POR ESTAREM CONOSCO, SOMANDO TALENTOS, MULTIPLICANDO SORRISOS, COMPARTILHANDO ALEGRIAS.
Profª Graça


Pais são Espelhos para os Filhos

Pai...Mãe...
- Não me dês tudo o que te peço
Às vezes meus pedidos querem apenas ser um teste,
para ver o quanto posso pedir.
- Não grites comigo
Eu te respeito menos, quando o fazes
E me ensinas a gritar também, e eu não quero fazer isso.
- Não me dês ordens a todo momento
Se em vez de mandar, algumas vezes externasse teus desejos sob forma de pedidos, eu o faria mais rapidamente e com mais gosto.
- Cumpre as promessas que fazes, boas ou más
Se me prometes um prêmio, deve concedê-lo;
assim como um castigo.
- Não me compares a ninguém, especialmente com meus irmãos
Se me colocas acima deles, alguém vai sofrer
Se me colocas abaixo, eu é que sofro.
- Não mudes de opinião a cada momento sobre o que devo fazer
. Pensa antes, mantendo a decisão.
- Deixa que eu faça, acertando ou errando
Se fazes tudo por mim, serei um eterno dependente.
- Nunca pregues uma mentira,
nem me peças que eu o faça
Isso criará em mim um mal-estar e me fará perder a confiança em tudo o que afirmas.
- Quando te enganas em alguma coisa, admite-o francamente
Isso não te diminuirá a meus olhos,
pelo contrário,
te fará crescer e eu aprenderei a assumir minhas faltas.
- Quando te dás conta de um problema meu não digas que é bobagem que o tempo corrige ou que não tens tempo
Eu preciso ser compreendido e ajudado.
- Trata-me com a mesma amizade e a mesma cordialidade com que tratas teus amigos
Pelo fato de pertencermos à mesma família,
não significa que não possamos ser amigos também.
- Nunca me ordenes fazer uma coisa
Quando tu mesmo não a fazes
Eu aprendi a fazer sempre
e apenas aquilo que tu fazes
e não aquilo que tu dizes.
Eu te amo muito!
                                                                          Profª Graça



As Crianças Aprendem o que Vivem

Se as crianças vivem em meio a críticas, 
aprenderão a condenar.
Se as crianças vivem em meio à hostilidade, 
aprenderão a brigar.
Se as crianças vivem sendo ridicularizadas, 
irão se tornar tímidas.
Se as crianças vivem com vergonha, 
aprenderão o sentimento de culpa.
Se as crianças vivem onde há incentivo, 
aprenderão a confiança.
Se as crianças vivem onde ocorre a tolerância, 
aprenderão a paciência.
Se as crianças vivem onde há elogios, 
aprenderão a apreciação.
Se as crianças vivem onde há aceitação, 
aprenderão a amar.
Se as crianças vivem onde há aprovação, 
aprenderão a gostar de si mesmos.
Se as crianças vivem onde há honestidade, 
aprenderão a veracidade.
Se as crianças vivem com segurança, 
aprenderão a crer em si mesmas e naqueles que as rodeiam.
Se as crianças vivem em um ambiente de amizade, 
aprenderão que o mundo é um lugar bom para se viver.


Profª Graça


mensagem para final de ano letivo

                                                                                                                                                                             Profª Graça  
      

       Encontro
Que bom a gente se encontrar!
Encontro é alegria.
Existe a alegria da procura e a alegria da espera.
Mas ainda maior é a alegria do encontro.
Encontro de ideias, encontro de coisas, encontro de gente, encontro de amigos.
Há encontros que coroam longas procuras.
Há encontros que premiam longas esperas.
Há encontros que preenchem longas ausências.
Às vezes o encontro é planejado, estudado, provocado.
Há encontros repousantes, revitalizantes, como água fresca após longa caminhada.
Outros são pesados, cansativos, exaustivos, extenuantes, como o próprio suor da caminhada.
Há encontros mil no dia-a-dia, encontros casuais e anônimos, encontros profissionais ou comerciais, encontros de superfície.
Mas há encontros que marcam e transformam vidas e mudam os rumos da História.
Neste nosso Encontro, desejamos que todo o nosso potencial de educadores seja despertado, numa resposta ao desafio que temos de participar da caminhada por uma escola  de boa qualidade e que trabalhe na busca do SER.

        Profª Graça